Logotipo SEIEM
Sociedad Española de Investigación
en Educación Matemática
  Tesis Doctorales en Educación Matemática

Apliquetas no ensino de probabilidades: um estudo de caso com alunos de uma turma de Matemática Aplicada às Ciências Sociais.

  • Autora: Sónia Paula Vilela Raposo.
  • Directoras: Dra. Maria Manuel da Silva Nascimento, Dra. Maria Cecília Rosas Pereira Peixoto da Costa.
  • Fecha y lugar de defensa: 23 de julio de 2020. Escola de Ciências e Tecnologia. Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
  • Tribunal:
    • Presidente: Dr. José Boaventura Ribeiro da Cunha.
    • Arguente principal: Dr. José Alexandre dos Santos Vaz Martins, Dra. María Magdalena Gea Serrano.
    • Vocales: Dra. Marlúbia Corrêa de Paula, Dra. Maria Manuel da Silva Nascimento, Dra. Eva Virgínia Araújo Morais.
  • Calificación: Muito Bom.

Resumen

A investigação em Didática da Matemática tem por finalidades gerais o estudo dos processos de ensino e de aprendizagem da Matemática e o desenvolvimento de programas, de projetos, propostas de melhoria desses processos. Este trabalho visou o tema das probabilidades, em particular os conteúdos probabilidade condicionada, probabilidade conjunta, teorema da probabilidade total e regra de Bayes, enquanto ramo da matemática escolar lecionada no ensino secundário. O Programa de Matemática Aplicada às Ciências Sociais (MACS) estrutura-se, ao longo de dois anos do ensino secundário, em quatro grandes temas: modelos de grafos, modelos populacionais, modelos de probabilidades e introdução à inferência estatística.

Nesta tese doutoral pretenderam investigar-se as dificuldades dos alunos no tópico das probabilidades em (MACS) e perceber que elementos do uso das apliquetas (applets) nas práticas letivas contribuem para que os alunos superem as suas dificuldades neste tópico. Deste modo, pretendeu responder-se às seguintes questões de investigação: 1. Quais as dificuldades dos alunos no tópico das probabilidades na disciplina de MACS, com base nos conflitos semióticos detetados? e 2. De que modo o uso de apliquetas numa intervenção didática contribui para a superação das dificuldades dos alunos no tópico de probabilidades? O projeto de investigação teve por objetivo fundamental promover a aprendizagem dos alunos sobre probabilidades. Numa primeira etapa, identificaram-se e compreenderam-se as suas dificuldades e, numa segunda etapa, implementou-se uma intervenção didática usando as apliquetas de modo a contemplar as dificuldades identificadas. Em termos metodológicos, esta investigação usou um método misto. Na primeira fase, correspondente ao estudo preliminar e referente à resposta para a primeira questão de investigação, adotou-se uma perspetiva descritiva e de maior peso quantitativo. Neste estudo preliminar participaram 120 alunos e recorreu- se a um questionário como método de recolha de dados. Na segunda fase, correspondente à implementação da intervenção didática delineada e referente à segunda questão de investigação, adotou-se uma perspetiva qualitativa. Nesta segunda fase participou uma turma de MACS e usou-se um estudo de caso com o objetivo de compreender que elementos do uso das apliquetas se destacavam na aprendizagem das probabilidades.

O marco teórico utilizado foi o do enfoque ontosemiótico de Godino e colaboradores. Na primeira fase deste trabalho o conceito usado foi o de conflito semiótico. Na segunda fase caraterizou-se a adequação didática, a priori e a posteriori, da intervenção didática realizada, com detalhe específico para o estudo de caso.

Em relação aos resultados, o estudo preliminar mostrou que os alunos, em geral, têm as dificuldades na aprendizagem destes tópicos do tema probabilidades relatadas na literatura. Antes e após a implementação da intervenção didática os alunos da turma realizaram o mesmo teste e comparando as percentagens de respostas corretas no estudo preliminar e no pós-teste, neste último essas percentagens foram superiores. Em particular, no estudo de caso, a possibilidade de repetir os procedimentos de cálculo com apliquetas, permitiu aos alunos ultrapassar os seus erros e as suas dificuldades. Este facto, em conjunto com as interações e entreajuda estabelecidas entre os alunos nesta aprendizagem, melhorou os resultados obtidos pelos alunos.

webmasterseiem.es